BEM-VINDO

 

Oi aluno(a)! você neste blog terá a oportunidade de praticar o  português e desenvolver diferentes habilidades necessárias para poder aprender este idioma. Assim que maos à obra!

16/07/2009 at 12:12 AM

Tudo – Todo – Todo o

Tudo:

A totalidade das cooisas e/ou animais e/ou pessoas:

Ex: “Tudo que existe é maravilhoso e belo!”

A totalidade das coisas e/ou animais e/ou pessoas de que se trata:

Ex: “Falamos de tudo, menos de Carlinhos.”

Todas as coisas:

Ex: “Tudo o que de mim se perde/ acrescenta-se ao que eu sou.

Coisa essencial, fundamental:

Ex: O conhecimento da língua é tudo.

“Tudo” é invariável (nao tem plural nem femenino).

Todo:

É o mesmo que qualquer:

Ex: “Ele realiza todo trabalho que se solicita” (qualquer trabalho).

“Todo país tem seus problemas”. (qualquer país).

Todo o:

Dá idéia de totalidade, inteiro:

Ex: Ele realizou todo o trabalho. ( o trabalho inteiro, completo)

A crianca acariciava todo o vira-lata. (o corpo inteiro do vira-lata)

obs: A crianca acariciava todo vira-lata (a crianca acariciava qualquer vira-lata que encontrava na rua).

Haverá vacinacao em todo o país. (no país inteiro)

Todo tem plural e pode ser feminino (todo, toda, todas).

Geralmente usamos quando queremos especificar algo:

Ex: Ele bebeu toda… neste caso devo epecificar “o quê”? Toda a cerveja ( a garrafa inteira, o copo inteiro).

Obs: Ele bebeu tudo (bebeu tudo o que havia, ou a bebida que eu já sabia que havia).

25/01/2010 at 11:01 AM Deixe um comentário

Crase (`)

No outro dia fui a Sao Paulo e resolvi vltar à noite.

Na palavra “à“, houve a ligacao da preposicao a com o artigo a. Essa ligacao chama-se crase. Para indicá-la, usamos o acento grave (`) sobre o a.

Entre outros casos, empregamos a crase:

1) Antes de palavras precedidas do artigo a:

Ex: A menina foi à praia.

2) Antes das palvras que dao nome aos continentes:

Ex: Vou à Europa.

3) Antes dos nomes de países, estados ou cidades que admitem artigo:

Ex: Vou à Bahia. Vou à Itália.

Entre outros casos, nao empregamos a crase:

1) Antes de palavras masculinas: Irei a pé.

2) Antes de verbos no infinitivo: Estava a dormir.

3) Antes de pronomes pessoais: Enviarei este cartao a você.

20/01/2010 at 11:43 AM Deixe um comentário

Uso da Cedilha (ç)

Aprenda mais sobre o uso da cedilha

Continue Reading 18/01/2010 at 11:25 AM 8 comentários

Letra do Samba do aviao

Imprima a folha da cancao “Samba do aviao” no arquivo anexo e complete escutando a letra da cancao no link abaixo:

SAMBA DO AVIAO para completar

http://www.youtube.com/watch?v=ddtwkJSZPkc&feature=related

19/07/2009 at 11:18 AM Deixe um comentário

Uma pequena homenagem ao carioca ;D

O termo carioca (do tupi-guarani kari oca, “casa de branco”) é o gentílico dos habitantes ou naturais do município do Rio de Janeiro, capital do estado do Rio de Janeiro.

A expressão “carioca da gema” designa indivíduos nascidos e criados na cidade do Rio de Janeiro, filhos de mãe e pai cariocas. A “gema” se refere ao fato do indivíduo ser oriundo de dois cariocas, ou seja ser carioca antes mesmo de nascer. O “carioca da clara” é o carioca que tem pais nascidos em outros lugares.

E nós, como professoras de portugues, e também cariocas, queremos mostrar um pouquinho a voces o jeito de ser das pessoas que sao originárias dessa cidade tao maravilhosa…

http://www.youtube.com/watch?v=VN3RgIR6KHI&NR=1

Continue Reading 19/07/2009 at 10:18 AM Deixe um comentário

O samba

Existem vários tipos de samba no Brasil: Samba canção, samba enredo, Samba de partido alto, Pagode, Samba carnavalesco, Samba-exaltação, Samba de breque, Samba de gafieira.

Samba canção é um ritmo mais melodioso, com temas mais românticos, podendo ser dividido segundo estudiosos em duas gerações:

  • A primeira geração destacando-se por seu ritmo mais lento, assemelhando-se as cantigas medievais, por tratar de temas de amores não concretizados, saudades dos amores perdidos, nao conquistados, etc.
  • A segunda geração apresenta algumas mudanças por exemplo a utilização da musica eletronica, a utilização do teclado, a influenciadao pela musica sertaneja. Por causa de seus temas, esse tipo de musica ficou conhecida tambem como fossa «dor de cotovelo».

Samba enredo é um samba apresentado pelas escolas de samba no carnaval, as letras dessas canções apresentam temas culturais e sociais, como por exemplo, nesse ano (2009), a escola de samba Academicos do Grande Rio fez uma homenagem à França com o samba enredo “Voila, Caxias! Para sempre Liberté, Egalité, Fraternité, Merci beaucoup, Brésil! Não tem de quê”.

 

O Samba de partido alto existe desde a década de 1930, é considerado como um sub-gênero do samba. O partido alto moderno apresenta um refrao e as outras partes da musica são improvisadas pelos cantadores.

O Pagode como o samba havia ficado esquecido no inicio dos anos 80, os seus seguidores começaram a reunir-se nos fundos de quintal para apresentar suas novas composições para os vizinhos.

Assim o samba ressurge com uma nova roupagem, utilizando novos instrumentos como o banjo com braço de cavaquinho, o tantan os quais davam uma sonoridade diferente , alem de trazer uma linguagem mais popular, simples e romântica.

Algumas bandas e cantores de pagode: Exaltasamba, Negritude Junior, Os Morenos, Terra Samba, Fundo de Quintal, Zeca Pagodinho, Martinho da Vila, Alcione, Jorge Aragão, dentre outros.

Samba carnavalesco são os sambas feitos para serem tocados e dançados durante o carnaval. A prefeitura oferecia prêmios aos compositores desse tipo de samba. E e claro que eles se esforçavam ao maximo para ganhar o concurso. Dentre esse tipos de samba estão as marchinhas.

Abre Alas Marchinhas de Carnaval
Composição: by Chiquinha Gonzaga

Ó abre alas que eu quero passar
Ó abre alas que eu quero passar
Eu sou da lira não posso negar
Eu sou da lira não posso negar

Ó abre alas que eu quero passar
Ó abre alas que eu quero passar
Rosa de ouro é que vai ganhar
Rosa de ouro é que vai ganar

 

Samba-exaltação enaltece o Brasil, que diz sobre suas belezas, seu povo, sua cultura, revelando o amor pela patria. E geralmente acompanhado de uma orquestra. Ha um samba exaltação bastante conhecido no mundo que é “AQUARELA DO BRASIL” de Ary Barroso.

Samba de breque surgido na decada de 1950, o samba é intercalado com comentarios humoristicos e criticos feito pelos interpretes. E considerado como um sub-gênero musical vindo do samba.

Samba de gafieira surgiu nos cabarés e gafieiras, firmando-se nos anos 40. Atualmente, o samba gafieira incorporou alguns passos do tango argentino. Esse tipo de samba é mais dançado no Rio de janeiro e em São Paulo.

Nesse tipo de samba são utilizados instrumentos como: cavaquinho, varios tipos de violão, instrumentos de percussão, trombones, trompetes, flauta e clarineta.

18/07/2009 at 5:43 PM Deixe um comentário

Rui Barbosa

Rui Barbosa De Oliveira

Político e jurisconsulto, nasceu em Salvador, Bahia, em 5 de novembro de 1849. Bacharelou-se em 1870 pela Faculdade de Direito de São Paulo. No início da carreira na Bahia, enganjou-se numa campanha em defesa das eleições diretas e da abolição da escravatura.

Foi político relevante na República Velha, ganhando projeção internacional durante a Conferência da Paz em Haia (1907), defendendo com brilho a teoria brasileira de igualdade entre as nações. Eleito deputado provincial, e adiante geral, atuou na elaboração da reforma eleitoral, na reforma do ensino, emancipação dos escravos, no apoio ao federalismo e na nova Constituição. Por divergências políticas, seu programa de reformas eleitorais que elaborou, mal pode ser iniciado, em 1891. Em 1916, designado pelo então presidente Venceslau Brás, representou o Brasil centenário de independência da Argentina, discursando na Faculdade de Direito de Buenos Aires sobre o conceito jurídico de neutralidade. O discurso causaria a ruptura definitiva da relações do Brasil com a Alemanha. Apesar disso, recusaria, três anos depois, o convite para chefiar a delegação brasileira à Conferência de Paz em Versalhes. Com seu enorme prestígio, Rui Barbosa candidatou-se duas vezes ao cargo de Presidente da República – nas eleições de 1910, contra Hermes da Fonseca e 1919, contra Epitácio Pessoa – entretanto, foi derrotado em ambas, sendo o período durante a primeira candidatura o marco inicial e sua Campanha Civilista.

Como jornalista, escreveu para diversos jornais, principalmente para A Imprensa, Jornal do Brasil e o Diário de Notícias, jornal o qual presidia. Sua extensa bibliografia recolhida em mais de 100 volumes, reúne artigos, discursos, conferências EE. questões políticas de toda uma vida.

Sócio fundador da Academia Brasileira de Letras, sucedeu a Machado de Assis na presidência da casa. Sua vasta biblioteca, com mais de 50.000 títulos pertence à Fundação Casa de Rui Barbosa, localizada em sua própria antiga residência no Rio de Janeiro. Rui Barbosa faleceu em Petrópolis, no Rio de Janeiro, em 1923.

17/07/2009 at 2:08 PM Deixe um comentário

Posts antigos


Categorias

  • Blogroll

  • Feeds